Edson e Tita Lobo (2003) Gosto Tanto

(repostagem do meu antigo blog)
Bom, esse disco em especial será comentado com um carinho maior, haja visto que veio lá do Reino Unido até minhas mãos! Comprei-o no Ebay, e sinto dizer que parece que não foi lançado no Brasil, mesmo sendo de dois artistas nacionais importantes para a boa música brasileira.


Vários motivos nos levam a conhecer um disco. Este Cd do casal Edson Lobo Tita Lobo me interessou primariamente por causa da faixa “Something Divine”, que contém a participação de Ed Motta. Curioso, fui atrás e acabei aquirindo o Cd. E ganhei uma grata surpresa, um disco intimista, mas totalmente lindo, manejado com rigor pelo casal e repleto de convidados ilustres (como o primeiro citado).

A primeira faixa já nos traz o piano do grande João Donato. Isso é sinal de que vem coisa boa por aí. Aliados à bossa cantada languidamente por Tita, os instrumentos parecem dançar junto com a música. Destaque para os solos ocasionais do trompetista Jessé Sadoc. João Donato ainda aparece em muitos temas por todo o disco, assim como o também grande Robertinho Silva.


A segunda faixa, “Something Divine”, como dito antes, destaca o insuperável Ed Motta duetando com Tita. E um clima de funk soul acrescenta-se à musica nitidamente MPB, permeados por uma guitarra sensual e o piano Rhodes dando o tom.
A saber: em quase todas as faixas, Tita, além de cantar, toca violão, enquanto Edson Lobo cuida dos baixos, teclados e todo o suporte harmônico necessário.


Uma faixa a ser destacada pela exímia beleza é “Picuma”, pequena peça instrumental tocada apenas pelo violão de Tita que mostra porque deve ela ser respeitada entre os maestros da bossa nova. Lindo! João Gilberto sorriria orgulhoso… De fato, aqui o nível musical é alto, coisa fina mesmo.


Seja em inglês (como nas doces Miles Away, Stay e Love is All) ou em português (Ainda te Amo, Monalisa, Roda Pião), o disco manda seu recado pro mundo todo (este exemplar que tenho na mão foi prensado na Alemanha e lançado na Europa), de como é possível ainda fazer boa música, interpretada com a alma.


Entre bossas, samba-canções e ritmos suaves, o disco delineia-se imbuído de majestade, mostrando que foi gravado do coração do casal para nossos ouvidos, e não do bolso para as rádios, como muito se ouve por aí.


A tristeza que nós dá é do quase total desconhecimento do público brazuca desta dupla que, embora atualmente seguem estilo de música relacionado ao mercado gospel, gravaram -juntos e separados- discos fantásticos no Brasil da bossa nova e da fina MPB, ao lado de nomes consagrados como Tom Jobim, Stan Getz, Baden Powell, Edu Lobo, Marcos Valle, Chico Buarque, Luis Bonfá e muitos outros.

Edson e Tita Lobo ao lado de Ed Motta (foto: Cris Senna)
Edson e Tita Lobo (2003) Gosto TantoGravadora: Whatmusic.com

Faixas:
01.gosto tanto
02.something divine
03.roda pião
04.love is all
05.paraíso
06.mona lisa
07.stay
08.picumã
09.geriba
10.ainda te amo
11.carioca mexmo
12.miles away.

Músicos: Tita Lobo, Edson Lobo, João Donato, Nando Lobo, Jessé Sadock, Ronaldo Lobo, Ed Motta, Caça Colon, Robertinho Silva, Ricardo Pontes, Marcos Arcanjo, Duduca Fonseca, Célia Vaz, Maucha Adnet, João Paulo Lobo e Jessé Sadock Filho.

Comentários

Postagens mais visitadas