Pino Palladino


O baixista galês Pino Palladino (Giuseppe Henry "Pino" Palladin, nascido em 1957 em Cardiff) é um músico famoso pelo seu amplo trabalho de estúdio e acompanhando vários grandes nomes da música mundial, além de seus projetos com amigos (clique aqui pra ver e ouvir o projeto PSP, com Simon Phillips e Philippe Saisse). Uma de suas características é seu amplo leque de estilos, tocando basicamente qualquer tipo de música, o que lhe garantiu a participação em tantas bandas e discos.

Há alguns anos, esteve em evidência por integrar o trio de John Mayer. Neste vídeo ele toca com seu baixo Fender Precision signature:

E atualmente é o baixista do The Who, substituindo o falecido John Entwistle.

Mas já tocou e gravou com Eric Clapton, David Gilmour, Paul Young, D'Angelo, Don Henley, Joe Walsh, Elton John, Adele, e muitos outros. Por exemplo, o disco 'The Seeds of Love' da banda Tears for Fears tem o dedo de Pino nas gravações, apesar de Curt Smith ser o baixista oficial e co-líder do grupo.

Entre seus grandes feitos, gostaria de destacar as músicas que ficaram imortalizadas com seu baixo, em especial o fretless bass:

Paul Young - Wherever I Lay My Hat (Marvin Gaye)
Nesta música, a cereja do bolo é a melodia feita lindamente por Pino no fretless numa região aguda do instrumento e carregada de chorus, o que caracteriza tanto o som dos anos 80 quanto a criatividade e relevância do baixista:



Há inclusive um vídeo onde ele toca e explica um pouco como criou esta belíssima frase, e a influência de Stravinsky na ideia:


Paul Young - Everytime You Go Away
Neste imenso sucesso de Paul Young, que tocou muito na época e até hoje toca nas FMs, presente em 11 de cada 10 coletâneas românticas, o mérito de Pino é fazer o acompanhamento rítmico da música no fretless, e inserindo arpejos, notas pedais e frases muito bem sacadas em vários trechos. Nesta versão estendida, é possível observar melhor todo o sabor do baixo:


Existem muitas e muitas músicas e discos bacanas que contam com o baixo imponente de Pino Palladino. Recomendo a todos ler a discografia selecionada no fim deste link.

E pra finalizar, mais um sublime momento com a beleza das melodias de Pino:

Comentários

Postagens mais visitadas