quarta-feira, 22 de junho de 2011

O Verdadeiro Amor Perdoa

Share it Please

A música "True Love Tends to Forget" do Bob Dylan me lembrou uma história real.

Estes dias vi um casal na rua e rememorei fatos da vida desta família. Eles caminhavam juntos, aparentemente felizes, seguindo em frente na vida, depois de tantos percalços.

Voltando a fita da história desta família, lembro que o marido envolveu-se com uma moça bem mais nova, pouco mais velha que sua filha, e com esta moça acabou tendo um filho. O casal sofreu um impacto, ameaça de separação, mas hoje, vejo-os juntos. A esposa perdoou o erro do marido e esqueceu este erro dele, para que o casamento pudesse seguir em frente. Outra tragédia foi a perda da filha do casal, fato ocorrido até antes da traição do marido, que também abalou as estruturas familiares.

Mas vou me ater ao casal. Pra mim, eles terem ficado juntos foi a melhor opção. A mulher ter 'esquecido' a traição foi o que pôs o barco no rumo da segurança novamente. Explico minha opinião:

Se eles tivessem se separado, tanto o marido quanto a mulher seriam rejeitados pela sociedade. Garanto que seria muito mais difícil para a mulher viver divorciada, já com filhos grandes, arrumar outra família, viver sem o marido seria muito duro e triste. A sociedade é cruel, mesmo a mulher não tendo culpa aparente.

O marido com certeza também não daria certo com a moça mais nova já que não seria uma relação com a qual ele pensou em união estável, pois era pra ser só um 'lance'. A moça também talvez não desse certo com o cara mais velho, pela divergência de idéias e idade, e acabariam também seguindo caminhos opostos.

Daí, você me pergunta: mas e a criança, fruto desta relação extra-conjugal? Sim, essa sofre sempre, em todas as situações não vai ser fácil pra ela, mas pelo menos, pelo menos, do jeito que a coisa está, o pai paga a pensão corretamente, a mãe continua livre para viver outras relações, não passa aperto com a criança por causa da grana da pensão, e a criança sabe que tem um pai e uma outra família com a qual talvez ela queira interagir em algum momento da vida.

Enfim, é triste, mas o casal estando junto depois desse erro do marido, passa uma impressão boa para a sociedade, que emana de volta uma vibração de força e segurança que por sua vez, auxilia o casal a caminhar juntos pela estrada da vida...

O certo é não trair, claro, mas o verdadeiro amor tende a esquecer (e a perdoar):

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Flickr

Blogroll

About