Kiss Disco Music?


Quem vê a 'cara' da banda Kiss, seja maquiados ou não, e lê sobre a fama de Gene Simmons e cia., mas não conhecem o trabalho do grupo, deve achar que a banda faz um 'rock do capeta' ou 'som pesado muito doido!'

Na verdade, não é bem assim. O Kiss se valeu, como tantos artistas, da pecha visual para atrair os ouvintes para sua música de qualidade. Meu amigo Alexander Pindarov comentou em seu blog algo sobre isso, mas vou estender o papo em outras direções.

Ouçam com atenção a música abaixo. Apesar de ter guitarras distorcidas, I Was Made For Lovin' You é pura disco music! Com baixo oitavado, chimbal ininterrupto, e os vocais cheios de uh-uh característico do estilo. Se ouvisse essa canção numa rádio black, jamais diria se tratar de algo feito pelo Kiss:


Na época do lançamento, Paul Stanley tentou minimizar a mudança no estilo, dizendo que compôs o tema pois queria provar que era fácil fazer disco music. Balela, já que a música é um hit certeiro, e foi co-escrita por compositores profissionais como Desmond Child e Vini Poncia. Lançaram até uma versão estendida da faixa.

Mas o grande barato do Kiss é justamente esse: Gene e Paul Stanley são caras muito talentosos, com inúmeros hits de rock (como 'Rock'n' Roll All Nite' e 'I Love it Loud') e também de baladas (Forever, Beth, I Still Love You, Every Time I Look At You), mas que abusam da estratégia do visual sinistro, com baixos em forma de machado, línguas enormes e caras de mau. Uma boa forma de comprovar isso é assistindo o (ótimo) MTV Kiss Unplugged, onde, empunhando apenas violões, os caras conseguem convencer e mostrar o valor de suas músicas e dos clássicos que cravaram na história da música pop.

Mais uma faixa disco style da banda, Dirty Livin':


E pra fechar, um clássico em formato acústico:

Comentários

Postagens mais visitadas